WP-CLI – ganhe tempo com a linha de comando do WordPress

O WP-CLI (WordPress Command Line Interface) é a interface de linha de comando para WordPress. Ela permite que você faça basicamente tudo o que é possível fazer pelo painel — como gerenciar temas, plugins, posts e usuários, por exemplo — porém pela linha de comando, ou seja, o terminal.

Mas por que eu iria trocar uma interface visual e intuitiva por uma linha de comando, no estilo “hacker” ou usuário de computador dos anos 80?

Se você está se fazendo esta pergunta, o motivo é bem simples: por incrível que pareça, gerenciar o WordPress pela linha de comando é bem mais rápido. Sim, as vezes é mais rápido digitar mais e automatizar algumas tarefas do que fazer login, navegar até a seção certa do painel e executar as tarefas manualmente.

A economia pode parecer pouca — uma tarefa de 5 minutos passa a ser feita em 30 segundos, por exemplo — mas para quem lida com isso diariamente, a diferença é enorme. É como quando a humanidade passou a ter microondas, e agora a praticidade é tanta que não podemos viver sem.

Por isso, aqui vão algumas dicas para usar o WP-CLI e ganhar agilidade.

Como funciona o WP-CLI?

Primeiro você precisa saber que a linha de comando não morde. Você digita um comando (uma ordem) e ela executa, simples assim. Se você não é programador, mas usa muito o WordPress, também vale a pena.

O WP-CLI vai adicionar comandos específicos para WordPress no seu sistema. Com ele você poderá executar basicamente todas as ações do painel do WordPress, como instalar e ativar temas e plugins, atualizar o WordPress e as extensões, configurar o sistema e até fazer backups, exportação e importação do banco de dados. Veja a lista geral de comandos disponíveis aqui.

Você pode usar o WP-CLI no seu ambiente local (seu próprio computador) ou no seu servidor online, se ele oferecer suporte ao WP-CLI. Fica a dica para quando for procurar um servidor de hospedagem. Para usar o WP-CLI local, você precisa ter um ambiente local pronto para o WordPress já configurado, com PHP, Apache e MySQL, e estes recursos precisarão estar rodando ao executar um comando.

Tutorial: Como instalar o WP-CLI no seu computador

Se você está trabalhando localmente em um projeto WordPress, o WP-CLI pode ser um grande aliado. Para instalá-lo, siga as instruções a seguir para cada sistema operacional.

WP-CLI + Windows

Antes de tudo, é preciso que você tenha o executável do php adicionado a variável de ambiente Path. Explicando, você precisa colocar o caminho de onde o seu executável do php está armazenado na variável Path para que assim, de qualquer diretório do Windows, o executável do php possa ser executado. E porque isso? Por que o WP-CLI é escrito em código php.

Mas onde encontrar o php.exe? Isso dependerá de como você tem o seu ambiente local de desenvolvimento configurado. Por exemplo, utilizando o XAMPP o php.exe estará provavelmente em C:\xampp\php

1. Adicionado uma variável ao PATH

  • Pressione a tecla Windows + S e digite “Variáveis ambiente”;

  • Clique na opção “Editar variáveis de ambiente do sistema”;

  • Clique no botão “Variáveis de ambiente”, na base da janela;

  • Procure pela variável “Path”, selecione-a e clique em Editar;

  • Clique em “Nova” e adicione o caminho do diretório em que o php.exe se encontra em seu computador.

2. Instalando o WP-CLI

Continuando, vamos agora fazer o download do wp-cli.phar, salve-o em uma pasta em seu computador, algo como `C:/wp-cli`, para ficar bem prático. Na mesma pasta em que você salvou o wp-cli.phar, crie um arquivo wp.bat, usando qualquer editor de texto, pode ser o Notepad. No arquivo wp.bat, inseriremos:

@ECHO OFF
php "c:/wp-cli/wp-cli.phar" %*

Este arquivo wp.bat basicamente contém um script que executa o wp-cli.phar através de uma chamada php, lembre-se de colocar o caminho correto onde o wp-cli.phar e o wp.bat se encontram. Como queremos executar os comandos do WP-CLI de qualquer diretório de nosso sistema, nós adicionaremos a pasta do wp.bat (C:\wp-cli – por exemplo) ao Path também, assim como fizemos com a pasta do php.exe. Siga as mesmas instruções anteriores, atendando-se para inserir a pasta correta do wp.bat no Path (não coloque o nome e extensão do arquivo, só o caminho da pasta mesmo).

Pronto, se tudo correu bem basta abrir sua linha de comando e digitar wp, pressionar enter, que as informações do WP-CLI serão exibidas e você estará pronto para utilizá-lo!

WP-CLI + Linux/MacOS

Para instalar o WP-CLI no Linux ou Mac, primeiro é preciso realizar o download do wp-cli.phar. Você pode fazer utilizando curl ou wget, por exemplo:

curl -O https://raw.githubusercontent.com/wp-cli/builds/gh-pages/phar/wp-cli.phar

Após o download, verifique se ele está funcionando com o seguinte comando:

php wp-cli.phar --info

Se tiver algum problema, verifique se o seu php está instalado corretamente. Para utilizar apenas wp ao invés de wp-cli.phar na linha de comando, é preciso alterar as permissões e fazer do wp-cli.phar executável e movê-lo para algum lugar no PATH. Exemplo:

chmod +x wp-cli.phar
sudo mv wp-cli.phar /usr/local/bin/wp

Para testar, digite wp –info. Se der tudo certo, parabéns, você é o mais novo usuário do WP-CLI e está pronto para utilizar seus comando digitando apenas wp.

Pronto!

Agora você deu um passo grande para ganhar muita agilidade ao gerenciar sites WordPress. Os próximos passos são:

O que posso fazer com o WP-CLI?

Faremos alguns posts com tutoriais rápidos para executar tarefas do WordPress com o WP-CLI. Fique ligado no blog Forma Haste para mais dicas sobre WP-CLI. Enquanto isso, veja alguns exemplos interessantes abaixo:

E você, tem alguma dúvida sobre WP-CLI? Ou alguma dica para compartilhar? Deixe um comentário!

Marcado como: WP-CLI

Cursos sobre design e desenvolvimento para o mundo real.
    • Sim Caio. Se o seu servidor tiver suporte ao WP-CLI você pode usar normalmente em produção para gerenciar os sites, só vai precisar fazer o acesso SSH via linha de comando.

  • Que felicidade ver mais conteúdo de qualidade sobre WP sendo produzido aqui no Brasil!!! Pessoal, parabéns pelo artigo, espero que ele sirva para que mais pessoas passem a usar o WP-CLI por aqui. Além das funcionalidades que vocês destacaram, a de search and replace com opção de exportação de arquivo é uma das que eu mais uso 😀

    Há um tempo disponibilizei um script em bash que a gente usa para as nossas instalações lá na duo.me. Pode ser interessante para quem quiser ver um monte de comandos em sequência: https://felipeelia.com.br/wp-cli-e-bash-automatizando-instalacao-do-wordpress-em-pt-br/

    Mais uma vez parabéns e não vejo a hora de ver mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *