Como instalar o WordPress em português com o WP-CLI

No próprio site do WordPress, a instalação é descrita como “A famosa instalação de 5 minutos”. Isso podia ser muito rápido em 2007, mas hoje nem tanto, principalmente se você precisa instalar o WordPress várias vezes.

E se eu disser que é possível instalar o WordPress em alguns segundos, ou no máximo em 1 minuto, usando 4 comandos do WP-CLI? Se você ainda não conhece esta maravilhosa ferramenta, ou ainda não instalou no seu computador, veja nosso artigo sobre o que é o WP-CLI e como instalá-lo. Resumidamente: é a interface do WordPress via linha de comando, e muitos dos processos são mais rápidos nela, como a instalação por exemplo. Então vamos instalar!

Instalando o WordPress em pt_BR pelo WP-CLI

  • Abra a linha de comando na pasta onde deseja instalar seu WordPress
  • Digite um comando por vez, preenchendo o que for solicitado nos comandos que tem --prompt
wp core download --locale=pt_BR
wp core config --prompt
wp db create
wp core install --prompt

Um GIF vale mais que mil palavras

Os dados preenchidos neste GIF são fictícios, mas a execução está em tempo real.

Vamos entender os comandos

  • wp é o prefixo para todos os comandos do WP-CLI;
  • wp core download manda baixar o WordPress naquela pasta. A flag --locale=pt_BR define que queremos a versão em Português do Brasil;
  • wp core config executa a criação do arquivo wp-config.php do WordPress direto pela linha de comando. A flag --prompt faz o sistema ir pedindo as informações necessárias para você ir preenchendo uma por uma:
    • --dbname é o nome do banco de dados que você deseja criar para o seu site.
    • --dbuser é o nome do usuário que terá acesso ao banco de dados. Você pode usar o nome root por exemplo, que é um usuário padrão do MySQL. Não use este nome de usuário em sites que estejam em produção, já que ele não é seguro e tem muitas permissões de acesso. Também não confunda este usuário do banco de dados com o usuário do painel do WordPress, são totalmente diferentes.
    • --dbpass é a senha do usuário acima. Se o usuário for root, geralmente a senha pode ficar em branco.
    • Todas as outras informações são opcionais.
  • wp db create cria um banco de dados (database) com o nome e usuário que estiverem definidos no arquivo wp-config.php.

O tempo de instalação vai depender da velocidade da sua internet. Mas se você já tiver usado o comando de download antes e a versão do WP ainda for a mesma, o WP-CLI salva um cache e não vai precisar baixar o WordPress novamente (como aconteceu no GIF acima).

Pronto! Seu WordPress está instalado.

Basta visitar o endereço do seu site WordPress no navegador que você verá o tema padrão já em funcionamento.

Lembre-se também que você pode instalar temas e plugins com o WP-CLI, em breve publicaremos tutoriais rápidos aqui no Blog Forma Haste.

Indo além: automatizando a instalação do WordPress com um script bash

Se você quer ir além, nosso amigo Felipe Elia, desenvolvedor web na Duo-Me fez um tutorial explicando como automatizar este processo através de um script bash no Linux. Veja aqui:

WP-CLI e bash: automatizando a instalação do WordPress em pt-BR

Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário.

Marcado como: InstalaçãoWP-CLI

Designer e desenvolvedora web há 10 anos. Co-fundadora do estúdio Haste. Professora e palestrante. Especialista em design de interfaces, front-end e WordPress.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *